Então é Natal ...

Aperte Play antes de começar a ler o post (:

Hoje apesar de ser uma data festiva com muita alegria, encanto, companheirismo das pessoas, para o mundo de Ana e Mia é uma data de angustiadas, tristeza,  pois verão muitos ou as vezes poucos familiares que ficam fazendo perguntas um tanto clichê: E ae, está namorando? E além de tudo um momento que haverá muita comida, foque no MUITO, onde tem comida causa um desequilíbrio enorme na pessoas pelo menos para vocês não é? Como ver tantas coisas gostosas como peru, farofa, salpicão, frutas e não comer? Como enganar as pessoas?

E o que mais vimos nesses ultimas dias foram meninas falando dicas uma para outras para resistir à comida e enganar a família de que realmente comeu. E mesmo que não queiram vocês no fundo gostariam de poder participar dessa festa tão atrativa, onde contam momentos engraçados que somente a família entende, comer sem se preocupar com calorias do peru ou do salpicão ou nos casos das mias comer com aqueles pensamentos vou comer muito e depois quando eles tiverem distraídos eu vou lá mio tudo que comi. Não é mesmo?
Mas as vozes da Ana e Mia não tiram férias, nem se quer um dia de folga, não são nem um pouco amigas. O que deixamos pra vocês nesse tão especial?
Os momentos possuem uma forte influência em conduzir nossas emoções acendendo o coração e eles valem mais do que qualquer contagem de calorias como uma família reunida (sem querer usar impressionismo existem muitas pessoas que nem tem uma família para poder comemorar essa data, Fica a dica) e por mais que na sua concepção sua família não tem valor, que tal fazer diferente esse natal? Eu sei que será diferente esse dia, mas supere a voz da sua mente, acredite que ela está mentindo para você. Aproveite este natal e sorria, abrace, converse e beije (pra quem tiver namorados hoho), são momentos como estes que fazem a vida valer à pena. Não perca o sentido da vida PELO MENOS HOJE.

E na hora de comer lembre-se: Esse momento reunido vale mais que calorias.


Acha impossível? Olha só esse depoimento:
Festas de final de ano sempre foram muito complicadas para mim. Mas, esse ano eu estou tão mais tranquila, tão menos preocupada, menos angústiada. Hoje, consigo ver que festas como natal envolvem coisas muito maiores que comida. Esse ano diminui a forma de encarar o natal como mais uma desculpa para se empanturrar de comida. Diferente dos últimos 5 anos, não estou deprimida, não estou chorando, não estou deitada na cama com medo de me descontrolar perante a tanta comida. Não estou deixando a doença me controlar. Isso para mim é uma conquista e tanta. Mais uma conquista que Deus me proporcionou esse ano. Obrigada, Deus. ( Bruna)

É possível quando se quer, Feliz Natal para vocês.




Comentários
5 Comentários
 
Help Ana e Mia © 2016 |Aqui sua vida tem valor ♥