Bom Dia, pessoal!! Tudo bem com vocês??

O ano está acabando, o natal já se foi, alguns devem estar chateados como aconteceu em algumas conversas no msn por terem comido demais ou por não poder miar, afinal tinha tanta gente, mais tenho uma frase pra você: "O que engorda não é uma refeição cheia de excessos, mas, sim, a falta de rotina saudável".
O ano Novo se aproxima: Novas metas, Novas conquistas e diante disso nós do Help resolvemos convidar a Paula Bovo (Ela é autora do livro bulimia (é um diario que conta mais detalhadamente sua vida, relacionados com episódios de bulimia)) para nos dar seu depoimento de superação para que você, Ana e Mia, possa se surpreender com sua historia e fazer como a Paula: tomar uma atitude.



"Meu nome é Paula, e tive bulimia nervosa por tempos, isso foi difícil assumir devido ao grande preconceito, bulimia é considerada doença de gente fútil, de meninas mesquinhas... e sabemos que não é bem assim.
Sobre minha vida, sou perfeccionista demais, já fiz mamoplastia de redução, não fiquei contente... já fiz escova definitiva, progressiva, inteligente, de chocolate, não fiquei contente... já fiz endermologia, manthus, carboxiterapia, não me agradaram totalmente. Ou seja, isso é prova de que por melhor que esteja, nunca será bom o suficiente... acho que isso é um traço marcante da nossa personalidade. Frequento uma nutricionista que diz, podemos emagrecer 1 quilo ou 10, que não será do nosso agrado.
A busca pela magreza já foi por excesso de academia, por chás, por remédios como anfepramona... mas foi no vômito que encontrei maior praticidade. Praticidade tal que destruiu meu esôfago, fez meus cabelos caírem e ficarem sem brilho, minhas unhas estarem sempre quebradiças e a pele ficar feia...
Sempre joguei handebol, desde pequena, era como um dom... e eu não agüento mais correr um minuto... Já fiquei tão fraca em quadra que esqueci o nome da minha prima que morava comigo, prima que conheço há vinte anos... venho fugindo dos exercícios físicos pois esse episódio me apavorou.
Tive crises de hipoglicemia terríveis, principalmente por fraqueza unida ao álcool, beber um pouquinho me fez rolar barranco abaixo e me sujar toda de terra, ser carregada em festa, e mesmo inconsciente, conseguir pronunciar apenas : "amiga, tampa minha banha..." ou "moço, me tira do seu colo que você não me agüenta..".. Já me fez ir parar no hospital e fiz escândalos porque eu pesava 2 toneladas, tive que ser sedada... Crises de hipoglicemia que me fizeram desmaiar na faculdade, que me fizeram esquecer o significado de ´he, she, it´, coisas básicas do inglês que sei desde que me conheço por gente... Crises que me fizeram ser internada por tentativa de suicídio.
Venho fazendo tratamento, e a escolha do médico é importantíssima, escolher alguém que veja além das aparências, alguém que você possa contar, é algo fundamental. Para o tratamento, tenho visto que se abrir é um passo importante também, fazer com que todos que são importantes pra você e todos que te cercam saibam do seu problema, não importa a opinião deles sobre isso, importa que a chance de você ficar amparada e que não te deixem cercado de comidas engordativas é muito maior. Importa que quando você estiver chorando sem parar, se olhando no espelho desesperada, você tenha pra quem ligar e desabafar, mesmo que a única reação da pessoa seja ficar em silêncio. Os remédios são um apoio, mas não se pode esperar tudo dele... Quanto ao tratamento, o que mais tenho a dizer é: se abra.
As recaídas acontecem mesmo, é preciso saber disso e não se deixar abater 100% quando elas vierem, é preciso recomeçar... Os meus pais sempre me forneceram total apoio, mas sei que com nem todo mundo é assim, por isso deixei um texto na internet a disposição para lerem e saberem de tratamento .. o fato de eu ter conversado com várias garotas, me incentivou a escrever um livro sobre isso, pois os textos na internet são muito técnicos e não ajudam os pais a serem compreensivos...
Deixo o link do texto: http://www.4shared.com/document/B2-ehab7/bulimiaaa.html?
Email: paulabovo@hotmail.com
Espero que todos melhorem, e me peçam ajuda caso queiram qualquer informação. Um beijo, e lembrem-se "o essencial é invisível aos olhos...""

 

Nós do Help Ana e Mia desejamos a todos um Feliz e Próspero ANO NOVO!!!
Em 2011 aqui estaremos nós com mais posts...Conte sempre conosco!!
Até o próximo Post!!        Bjooooo.

Comentários
5 Comentários
 
Help Ana e Mia © 2016 |Aqui sua vida tem valor ♥